quarta-feira, 10 de março de 2010

Robinho e Adriano na Copa


Se a mídia esportiva fosse inteligente como meu amigo bela (que consegue aumentar suas chances de “já é” com uma mulher usando apenas 3 dedos) e menos “comprada” veria o absurdo em defender a turma do futebol arte tupiniquim.

Começando pelo Adriano, talvez o mais mal caráter de todos. O “imperador” finge que não gosta mais de jogar bola, simula uma depressão e pede rescisão contratual para voltar ao Brasil, não para jogar bola, claro. Ai eis que de repente, após alguns pagodes e bebedeiras na cidade maravilhosa, ele recebe uma proposta milionária do flamengo e descobre que ainda gosta de jogar bola. Não nego a capacidade do cachaceiro em fazer gols, e também não nego sua capacidade de organizar festas e se meter em confusão.

Agora o sujeito com futebol arte, jeito moleque, jovem revelação desde 2004, pagodeiro de plantão... O Robinho tentou jogar no futebol inglês sem muito sucesso, então resolveu seguir os passos do Adriano, vir para o Brasil, onde o nível é inferior e ser 2º garoto (?) da Vila (posição já ameaçada pelo 3º garoto da Vila, Neymar). Pior que Adriano, ele não faz muitos gols, mas continua encantando muitos com seu futebol arte e jeito moleque, “sambando” pra um lado e pro outro, mas sem muito resultado.

Então por que levar esses dois para a copa? E por que querer que sejam titulares? Sendo que temos Luis Fabiano e Nilmar que exercem a função muito melhor. Quem tem a resposta? Hein? “Mas é claro que sou eu” (Gil Brother). Tirando outras questões políticas e regionais, mas levando em conta os incentivos financeiros, podemos levar a linha de pensamento ao seguinte ponto: a CBF é patrocinada por um grupo de empresas, e, por coincidência, algumas delas também foram responsáveis em tornar viável a vinda do Robinho e do Adriano para o Brasil (pagam os salários dos jogadores). Mas é claro que elas tornaram isso viável com interesses futuros. E como valorizar mais esses jogadores? Mandando eles pra Copa do Mundo, claro. E já diria meu vô, “manda quem pode obedece quem tem juízo”. Mas o que me mata é o povo burro concordar com isso e não ter um mínimo de senso crítico.

Robinho e Adriano, a mão na sua cara! Concorda em levar eles pra Copa? A mão na sua cara!

Não gostou? A mão na sua cara!

ps.: Bela, você é o único que pode discordar!

6 comentários:

Dentão disse...

O mais estúpido é quando os comentaristas usam um jogos contra timecos do interior do Rio de de são paulo para justificar a convocação para a copa do mundo. Ou igual aconteceu agora, santos ganha de 10 a 0 do Naviraiense (time do glorioso estado do Mato Grosso do Sul), e fica toda a imprensa babando ovo dos "meninos da vila". Ainda bem que sabemos que o melhor zagueiro do MS está mostrando todo seu futebol em BH, toda terça a noite, (apesar de ter sido (emprestado para a Irlanda por um tempo). Queria ver o Robinho "sambar' na frente do terror de MS.
RObinho não merece ir a copa nem como coreógrafo das comemorações.

Terra disse...

Assim como o Ronaldinho Gaúcho, Adriano e Robinho tiveram sua oportunidade em uma copa e não souberam aproveitar. Por que usar dois pesos e duas medidas para essa copa? O que mais tem é jogador disposto a vestir a camisa da seleção e fazer isso bem feito. Agora para as estrelinhas já formadas tanto faz. Perdendo ou ganhando, no final, os juros compostos em suas contas bancárias recheadas todo mês é o que realmente preenche suas alegrias.

boi disse...

Se ele tentasse sambar na minha frente eu dava uma nele...
É isso ai. Os "atletas" do Naviraiense durante o dia são pedreiros, garçons, índios (acreditem, isso é uma profissão no MS), etc. Se os mininos da vila fossem jogadores de verdade (Robinho principalmente), teriam repetido a dose ontem no "clássico dançante" contra o Palmeiras.

Bela disse...

Boizinho tão carinhoso...
Ari, concordaria com tudo q vc disse, se o futebol funcionasse à luz de uma lógica q levasse ao ótimo de pareto... Mas a mão invisivel q atua no ftebol é uma mão frouxa, que não conhece nada de silogismo aristotelico (só pra tirar onda q fiz materia de filosofia)(lógica), por exemplo: "Se todo Silame é gay. Se vc chama Silame, logo vc é Gay"..
Futebol como disse um desses cronistas famosos, ele imita a vida... Futebol não é esporte de alto rendimento, que um novo tipo de treinamento melhora 0,02 decimos de segundos e o atleta sai do bronze pro ouro..
Romário com sua marra disgramada e seu repudio aos treinamentos, DEU A COPA de 94 pro Brasil..
Guilherme do galo, conhecido como Guilherme TRES LOBOS (nome de uma boite) é um dos maiores artilheiros da historia do Galo.. E como esquecer o Imperador destruindo a Argentina com aquele golaço no finalzinho da copa America se não me engano... Sei q era outro tempo e que ele estava em uma fase melhor.. MAS essa fase melhor era na carreira, pq nos BASTIDORES ele devia tá até numa cachaça BEM maior... Enfim.. Mas to falando tudo isso só pq os colaboradores do Blog podem discordar a vontade das materias postadas aqui.. A MAO não voa na nossa cara.. Aí estou discordando pra ver se não voa mesmo... E NAO VOOU!!!! É bom d+ ser colaborador desse blog!! MUITO bom mesmo!!

Mas Ari, estou com vc... esses caras(Adriano e Robinho) merecem uma mão na cara...Mas o jeito é deixarmos a nossa mão fazendo figuinha pra eles não serem convocados, pq pra mim, mérito é a salvação do mundo. Se todos fossem honrados por seus méritos, o mundo seria um lugar bem melhor! BEM MELHOR MESMO! Atletas talentos temos varios, convoquemos os exemplos para nossos filhos e netos. Acho Nilmar um bom rapaz...

Abraço do Bela.

Gari disse...

Bela, quem é esse Ari a quem vc se refere? Ou vc esqueceu de colocar o G na frente no meu nome?

Duas coisas a respeito do seu comentário:
1) Quem é guilherme? estamos falando de futebol de alto nível
2) O romário é gênio no futebol, querer comparar os outros a ele é impossível. Outra coisa, o gol do Adriano na Copa América foi sorte, exclusivamente. Poderiamos ter outros 10 atacantes "tão capazes" (?) quanto ele, e mesmo assim poderiam não ter a sorte da bola cair no pé deles. Tudo bem, um goleador também tem que ter sorte, mas não temos que acreditar, e nem contar, que ele vá ter sorte sempre.

E bela, a mão jamais voaria na sua cara.

Abs

Bela disse...

Jari, foi maus, é pq meu teclado é frígido, ele não tem ponto "G"...

Cara, relendo seu texto, acho q te interpretei mal.. Vc não tem nada contra Adriano e Robinho (pelo menos na ideia central do seu argumento).. Vc tem contra a fase ruim que eles estão vivendo (fase decadente) e por isso merecem banco.

Também, pra vc o samba do "vai pra lá que eu vou pra cá" do Robinho é repugnante (Eu já gosto! Torço pro galo, aprendi a não esperar por resultados e apreciar outras coisas)..

Qd a gente lê um texto, na primeira vez a gente entende o que a gente quer, releendo o texto a gente começa a entender o q a pessoa quer dizer..
Foi por entender +/- errado eu comecei a falar outras coisas..

Abraço!